A arte de viver é simplesmente a arte de conviver... simplesmente, disse eu? Mas como é difícil!

Assim que a pessoa entrega sua individualidade para o infinito da realidade de D'us, pode transformar-se numa versão mais pura e mais elevada de si mesma.

Navigation

Festas Judaicas: Os sete dias de Sucot

De 04 a 10 de Outubro 
Vamos a mais um festividade, esta referente aos trechos citados a baixo: 
“Nas cabanas habitareis durante sete dias; todo natural de Israel habitará nas cabanas. Para que as vossas gerações saibam que nas cabanas fiz habitar os filhos de Israel, quando os tirei da terra do Egito.” (Levítico 23:42-43)

“E tomareis para vós, no primeiro dia, o fruto da árvore formosa (Etrog), palmas de palmeira, ramos de murta e de salgueiro de ribeiras, e vos alegrareis diante do Eterno, vosso Deus, por sete dias.” (Levítico 23:40)  
       Sucot: Montamos uma cabana no jardim ou no quintal, onde passamos 7 dias comendo nossas refeições, estudando e dormindo "Ou seja fazendo os afazeres normais do dia a dia como que morasse-mos lá". É a festa onde unimos 4 especies de vegetal o Etrog que tem sabor e aroma, o Lulav que tem sabor mas não tem aroma, a murta que tem aroma mas não tem sabor e o salgueiro que não possui nem um nem outro.
  Quando nos expomos aos elementos em cabanas cobertas com folhas comemoramos o abrigo que D'us deu aos nossos ancestrais quando eles viajaram do Egito para a Terra Prometida. As Quatro Espécies expressam nossa unidade e nossa crença na onipresença de D'us.

VEM ASSISTIR O FILME CONOSCO E ENTENDA UM POUCO DE FORMA DIVERTIDA SOBRE ESSA FESTA.
Sempre é bom conhecer
   Sempre é bom conhecer outras culturas, principalmente quando essa cultura é conhecida no mundo como uma religião, mais é simplesmente uma religiosidade, ou seja um costume étnico cultural, originado através de um livro de leis que fez sucesso "A Bíblia" assunto historiográfico que deixaremos para depois..
   Nesses 2 últimos meses teremos 4 grandes datas no calendário Judaico. Esse ultimos dias foi o Rosh Hashaná "Passagem no ano", O Iom Kipur "Dia do perdão", e depois teremos  Sucout "Festa da Cabanas ou festa do tabernáculo" e a poucos dias teremos o Simchat Torah "Dança ou alegria da Torah".

Eis um rápido resumo "Bem resumido" de como comemoramos esses dias?
Rosh Hashaná: A virada do ano e com o cair do sol, comemoramos com uma ceia farta, com pães, frutas e mel, não comemos nada amargo esse dia, para que nosso ano seja doce e bom, e tocamos shofar todo o mês.
O Iom Kipur: Dez (10) dias apos o fim de ano temos o dia do perdão, dia de afligirmos nossa alma, e  passamos 26 horas de jejum, estudando os trexos referentes as datas, fazendo leitura bíblicas e refletindo sobre nossos erros para que o perdão posso vir até nos perdão, pois de acordo como calendario hebreu esses são os dias na qual Ele "bendito seja" desce, estando assim mais poximorode nós.
Sucout: Montamos uma cabana no jardim ou no quintal, onde passamos 7 dias comendo nossas refeições, estudando e dormindo "Ou seja fazendo os afazeres normais do dia a dia como que morasse-mos lá". É a festa onde unimos 4 especies de vegetal o Etrog que tem sabor e aroma, o Lulav que tem sabor mas não tem aroma, a murta que tem aroma mas não tem sabor e o salgueiro que não possui nem um nem outro. 
Simchat Tora: É maior festa, pegamos a Torá fechada e dançamos com ela nos braços. "Para quem não sabe Torah não é um livro desconhecido, mas nem todo mundo sabe que ela é os 5 primeiros livros da biblia originais, e é escrita hoje da mesma forma que foi escrita a mais de 2500 anos".

Quer saber mais visite o site oficial internacional judaico
Share

Post A Comment:

0 comments:

Comente aqui!