Enquanto comemoram o Natal, nós comemoramos Chanukah





Olá Amigos! Temos nesse blog postagens "Fazendo se conhecer" E hoje temos: 

A festa das Luzes
  Vocês conhecem a festa de Chanukah  'RRanucah"? Não? Então vamos falar que comemoração é essa, que enquanto o mundo comemora o Natal os Judeus comemoram Chanukah FESTAS DAS LUZES e  ou comemoração da vitória dos macabeus, e também um festividade da estação de inverno em Israel.
    Esta festa é datada de um acontecimento histórico  II Sec. A.E.C "segundo seculo antes da era comum" no ano de 3616 do calendário judaico. "Registro histórico do livro de Macabeus" se você não conhece certamente sua vertente cristã é protestante, ou sejam são livros judaicos de veracidade histórica aceitos pelo cânon católico mas banidos pelos protestantes".
    A data desta festividade pode variar entre o mês inteiro, podendo ser no inicio, no meio ou no final do mês de dezembro, pois os judeus seguem o calendário lunar. Para você ter ideia ano passado foi dia 06/12  a 14/12 já e esse ano de 2016 será 24/12 a 01/01/2017.
Qual o motivo dessa comemoração?
    O Rei grego Antiochus atacou Jerusalém e tomaram o templo, proibiram os judeus de frequentarem o templo e de cumprirem com os mandamentos 'leis atos de religiosidade' (Não confundam religiosidade com religião),  se apoderaram de seus bens, de suas filhas e ainda colocaram no templo a estatua de Zeus.  Imaginem só! toda uma nação, cultura e religiosidade destruída por um conquistador ''O Rei grego Antiochus", e todos eram obrigados a esquecerem seus costumes nacionais para seguirem o deste ou aquele conquitador.
    Mas esse domínio durou pouco tempo, apenas 6 anos, pois em 3622 Yehuda Macabi derrotou os gregos, readquiriu sua nação, retiraram a estátua Zeus do templo e voltaram a poder cumprir os mandamentos leis civis judaicas que também havia sido proibidas pelo Rei Sirio de cumprir. 
    O templo sempre foi iluminado pela menorah "Um cabelabro de 7 luzes", em uma das ações para iluminar o templo recolocaram o azeite da menorá "Candelabro" que só dava para permanecer acessa durante 1 dia,  milagrosamente o azeite deu para iluminar por 8 dias, dando tempo para que um novo aceite pudesse ser feito, e por esse motivo essa festa que a comemoração da reconquista da nação e templo dura 8 dias até hoje, e por isso que o menorah chamada de Chanukiah é um candelabro de 8 braços que usamos na festa..    






Costuma-se comer sonhos e bolinhos de batata→



Como se comemora?

   A cada dia se acende uma vela colorida ou não da Chanukiah  até o 8º dia completando 8 velas acessas para lembrarmos que o aceite de 1 dia durou 8 dias na reconquista do templo (Obs:  Os Judeus  não acendem velas para entidades, pois é só questão de iluminação)



←Dar dinheiro a crianças para incentivar os estudos das leis da Nação/do povo.





Jogar Sevivon, um jogo com um dreidel parecido com um pião, mas com letras e cheios de regras, frases e significados. "Como jogar"

Existem mais alguns outros detalhes concernentes a festividade, mas esse poster é apenas um resumo de como é essa bela festa intitulada tambem de FESTAS DAS LUZES é feita.

Curiosidades cristães sobre a data. Dados disso são incertos mas, a curiosidade é bem interessante:
   Alguns estudiodos cristãos, sugerem que a arvore de Natal conhecida hoje, é uma assimilação desse costume que com o tempo foi se modificando entre os criptojudeus. 
   Como os judeus comemoravam e comemoram a festa de Chanukah sempre entre o periodo natalino cristão, os cristãos assimilaram esse belo costume, mas o transformou com o passar do tempo para se diferenciarem dos judeus, como sugere a imagem da revista Alemã em 1906
   Também existe a possibilidade intrínseca de que quando os Judeus foram forçados a se converteram ao cristianismo por pena de morte na inquizição, os que realmente se assimilaram ao cristianismo, esconderam seus costumes tão bem que com a passar das gerações as familias foram deixando cada vez mais a ponto de lembrarem mais a  importancia da data biblica com o passar das gerações a deixando de lado devido a perseguição com mortes em suas familias, e assim esse costume  passou a ser cada vez mais cristão e sofrer diferenciações, chegando a ser a arvore de Natal "Esse item tão comum na festa cristã católica". 
   Mas esse dado sobre a transformação da Chanukiah , sugerida pelos estudiosos cristãos ainda é bem inserto, sem comprovação histórica e exata, mas não deixa de ser uma curiosidade interessante.

Referencias: 
WOLPO. Shalom Dov.: Conceitos Judaicos.  Ed. Lubavitch. São Paulo. 2010
Revista Alemam Schlemiel 1906


 E crescendo graças a vocês obrigado!