A arte de viver é simplesmente a arte de conviver... simplesmente, disse eu? Mas como é difícil!

Assim que a pessoa entrega sua individualidade para o infinito da realidade de D'us, pode transformar-se numa versão mais pura e mais elevada de si mesma.

Navigation
Somos especializados em Topos de bolo, lembrancinhas, bolsas personalizadas e tudo que encante sua festa, menos a decoração do evento/local!

A saga Comic dos judeus e seus super heróis continua...

          A saga ainda não acabou. Falamos na ultima postagem do Superman (Veja aqui!), mas agora vamos falar um pouco da Saga dos judeus na criação do Homem morcego O BATMAN

      Pouco depois do lançamento e sucesso alcançado do Super-Homem, a Editora DC Comics trouxe ao mercado mais um personagem super poderoso, Batman, criação de outros dois contadores de histórias judeus, Bob Kane e Bill Finger. Na esteira do sucesso do Super-Homem e do Homem-Morcego (como também se tornou conhecido, no Brasil, o Batman) surgiram inúmeros outros. O que começara como uma iniciativa da DC Comics se transformava em cultura de massa. No período de 1940-1945 foram criados cerca de 400 super-heróis, embora apenas parte tenha sobrevivido. O alistamento nas Forças Armadas dos EUA, durante a 2ª Guerra Mundial, era um "comportamento padrão" dos personagens. Os quadrinhos passaram a ser usados para elevar o moral dos norte-americanos e alertá-los sobre o perigo do nazismo e o sofrimento de todo um continente, especialmente de seus cidadãos judeus.
Nas próximas postagens teremos mais,  da passagem da DComics a Marvel Comics.
Acharam o poster legal, deixe o seu comentário ficaremos muito felizes.

Share

Midian Ferreira

Post A Comment: